Agora é curtir a pagina do blog

quarta-feira, 13 de maio de 2015

CÂMARA MUNICIPAL: SERVIDORES NÃO APARECEM PARA DEPOR NAS TRÊS PRIMEIRAS SESSÕES DE TRABALHOS DA CPI.


Comissão aguarda mas os convocados não aparecem

A grande expectativa prevista para a abertura dos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito(CPI)para a Comissão e para as pessoas presentes no plenário foi frustrante pela pouca importância dada pelo governo Municipal.

i
Policia Civil vai conduzir os faltosos em outras sessões

  Na segunda feira dia 11 Pontualmente às 15 horas foi aberta a sessão e a Comissão aguardou a chegada do primeiro depoente Kleber dos Anjos de Souza, responsável pelo setor de licitação e Waleson Aquino Diretoria de Compras (Dicom), 

 
Da Keila só a placa para lembrar sua convocaçao
mas ela não apareceu nem deu qualquer justificativa para a ausência.  Quem também não apareceu e não se justificou foi o vereador Dadinho que  faz parte da CPI

A primeira sessão foi fechada com os fatos registrados em ata e com cobertura da imprensa. Para a segunda sessão prevista para as 17 horas o cenário foi o mesmo. O presidente da CPI vereador Isaac Dias abriu a sessão às 17 horas e após cinco minutos com a ausência de responsável pelas Licitações também sem mandar qualquer justificativa, a sessão foi encerrada. 
João Paulo e Orismar Gomes

Naquela que seria a terceira sessão da CPI, na tarde desta terça feira dia 12 novamente não ocorreu porque a convocada Keila Cristina do setor de Controladoria Interno também não compareceu e a exemplo dos dois primeiros também não deu a mínima para a CPI justificando o motivo de não ter cumprido a solicitação da CPI. 

Como a Câmara entendeu que a prefeita está desrespeitando e debochando do Poder legislativo, a CPI vai convocar por condução coercitiva e para isso já registro B.O na 19ª Seccional contra os três primeiros convocados que pro orientação da prefeita não se fizeram presentes. 

Para os vereadores integrantes da Comissão os funcionários ausentes serão agora intimados e terão que vir prestar depoimentos  em novas sessões sob condução coercitiva já que a CPI registrou B.O na 19ª Seccional de Policia para essa finalidade. Os vereadores vêm nesse episódio mais uma ação de pura arrogância e desrespeito para com o Legislativo por parte da prefeita Eliene Nunes,  mas que consideram que o desgaste foi do executivo  e não do legislativo. 

João Paulo disse que o governo se manifesta na imprensa dizendo que está tranqüilo  quem não tem nada errado e não manda os servidores. Será que ela está com medo? Indaga.  A ausência inexplicável dos dois servidores pode custar caro a administração haja vista que a CPI além da intimação para novas sessões também vai promover ações de busca e apreensões de documentos para serem analisados sobre a existência ou não das irregularidades que estão sendo investigadas em todas as secretarias. 

Fonte: Tribuna do Tapajós.

Nenhum comentário: