Agora é curtir a pagina do blog

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Tapajós contaminado: mídia repercute declaração de secretário sobre pesquisa


O secretário de Meio Ambiente do Pará, José Alberto Colares, reuniu com equipe técnica da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), em Santarém, com o objetivo de contratar pesquisa sobre a viabilidade ambiental da atividade garimpeira no leito do rio Tapajós. Os recursos serão provenientes da taxa de mineração, a serem geridos pela Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom). Estas informações foram antecipadas pelo secretário a este blog no dia 12 passado (Veja aqui).

Da Agência Pará, do Interjornal (G1 - Portal de Notícias da Globo - SP), do G1 Santarém e da Assessoria de Imprensa da Universidade Federal do Oeste do Pará 
Há mais de um ano as águas do Tapajós já estavam assim,
 amareladas, diante de Itaituba

Foto: Manuel Dutra, fev. 2013
Na reunião da reitora Raimunda Monteiro com José Colares foram discutidos alguns pontos que servirão de base para o estudo da Ufopa: os efeitos e portes dos equipamentos utilizados nos canais e ictiofauna do rio; uso do mercúrio; o lançamento de materiais dos chamados arrotos; destinação dos resíduos e outros materiais usados na operação; movimentação e aproximação das dragas, inclusive com relação às margens do rio, entre outros.

A pesquisa será efetuada tanto no período de cheia como na estiagem, ainda este ano.
Estudo foi solicitado em carta pública entregue ao vice governador. Pesquisa será efetuada ainda este ano, no período de cheia e na estiagem.

Assim, O governo do Estado confirma que vai realizar o estudo solicitado por um grupo de jornalistas, pesquisadores, professores, estudantes, entre outros, que visa verificar a viabilidade ambiental da atividade garimpeira no leito do Rio Tapajós.

A mobilização iniciou no dia 14 de janeiro em Santarém, oeste do Pará, quando o grupo começou a reunir assinaturas para uma carta-petição pública. Em fevereiro, a carta assinada por mais de 1.700 pessoas foi entregue ao vice-governador Helenilson Pontes.

O titular da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), José Alberto Colares, reuniu com a equipe técnica da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), na quinta-feira (8), em Santarém, para discutir a contratação da pesquisa. 

De acordo com a Sema, a pesquisa será efetuada ainda este ano tanto no período de cheia, como na estiagem. Os recursos serão provenientes da taxa de mineração, a serem conduzidos pela Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom).
FONTE: Blog do Manuel Dutra.

Nenhum comentário: