Agora é curtir a pagina do blog

quinta-feira, 11 de junho de 2015

BOM SABER: Comer sozinho em prato vermelho ajuda a emagrecer

 Comer sozinho em prato vermelho ajuda a emagrecer (Foto: Reprodução)
Comer em um prato vermelho e sozinho é uma boa maneira de perder peso. Pelo menos é o que afirma o professor Charles Spence, da Universidade de Oxford , na Inglaterra, autor do livro The Perfect Meal (em tradução livre, A Refeição Perfeita).

O professor defende uma nova ciência chamada “gastrofísica” segundo todos os tipos de influências multissensoriais entram em jogo na hora de comer, a tal ponto que a comida realmente apresenta gosto diferente. 

Segundo a “gastrofísica”, por exemplo, em uma das degustações de vinho envolvendo 3 mil pessoas, todos receberam um copo de vinho branco e tiveram de avaliar seu gosto. Posteriormente, a iluminação e a música foram alteradas e todos provaram outra taça do mesmo vinho, sem que soubesse da repetição do produto, e preencheram o mesmo questionário. As respostas foram alteradas em 20%. “A mesma comida e bebida em circunstâncias diferentes tem gostos completamente diferentes. Às vezes, as coisas que não são conscientes têm mais impacto do que as coisas de que nós somos conscientes”, comentou o especialista.

PERDER PESO - O prato vermelho é uma boa dica para quem quer moderar na alimentação e perder peso pois a cor é um sinal de perigo primitivo, mas também dá à comida menos contraste, o que a torna menos desejável: "então você vai comer menos", afirmou Charles. 
 
Comer sozinho também é bom quando se está em dieta. Consome-se cerca de 35% mais alimentos quando se faz a refeição com outra pessoa, subindo para 75% quando está acompanhado de três e se você está contando as calorias, outra dica válida é deixar a TV desligada enquanto faz a refeição: "Seu cérebro vai estar tão envolvido com a TV que vai perder as pistas que lembram que você já comeu o bastante”, alertou.
PEDIDO - Faça o pedido do prato assim que chegar ao restaurante, recomendou o professor. “Você está requisitando o que realmente quer instintivamente, o que significa que vai desfrutar mais.” O professor afirmou que os números perfeitos de opções do menu de um restaurante são sete entradas e 10 pratos principais. Menos que isso pode fazer com que a pessoas se sinta desmotivada. Mais alternativas podem levar à dúvida de ser possível um restaurante lidar com tantos ingredientes frescos.
TALHERES - A escolha de talheres também é um ponto crucial para um restaurante. Em um experimento com 100 pessoas em Edimburgo, Escócia, metade recebeu talheres leves e o restante pesados para comer um prato de salmão. Depois, todos tiveram que falar quanto esperavam pagar pela refeição. Os que utilizaram talheres mais pesados disseram que se sentiriam bem em pagar consideravelmente mais do que os outros. Na opinião de Spence, isso ocorre porque o cérebro associa peso com valor.
MÚSICA - Geralmente, a comida e vinho têm sabor melhor quando se pensa que são caros. “Música definitivamente afeta o sabor. A música clássica está associada com classe, qualidade e altivez, todas as coisas que vêm com um preço”, completou.
(com informações do Daily Mail)

Nenhum comentário: