Agora é curtir a pagina do blog

segunda-feira, 7 de abril de 2014

PMs não descartam que Choque tente invadir quartel

PMs não descartam que Choque tente invadir quartel (Foto: Arquivo/Diário do Pará)
(Foto: Arquivo/Diário do Pará)
Após quatro dias de mobilizações, os policiais militares que estão aquartelados no 6° Batalhão da PM, em Ananindeua, continuam com a mobilização da categoria nesta segunda-feira (7), mesmo sob a pressão da tropa de choque, que está posicionada próxima ao quartel desde o começo da manhã. Segundo os policiais, a situação está tranquila até o momento, mas eles não descartam a possibilidade de que o governo tente invadir o quartel para prender as lideranças do movimento.
“Ainda não houve nenhum problema. Eu conversei pessoalmente com o comandando do batalhão de choque, que afirmou que eles estão aqui apenas para garantir que nós não vamos obstruir a rodovia BR-316, sem outros objetivos”, afirmou o sargento Aelton Costa, uma das lideranças do movimento. “Mas nós já havíamos decidido que não íamos mais fechar a via, então estranhamos essa movimentação”
“Não deixamos de contar com a possibilidade de que o Governo tente invadir o quartel pra pegar a liderança do movimento, já que estão todos aqui. Mas torcemos que não, por que todo o pelotão está aqui nos protegendo, e mesmo sendo um movimento pacífico, não sabemos o que pode acontecer durante uma invasão”, comentou. “Mas os próprios membros do Choque afirmam que não querem invadir, por que nossos irmãos de farda compartilham nossa luta”, disse o sargento.
O sargento ainda afirmou que o movimento deve continuar por tempo indeterminado. “Estamos no quartel, que é nossa segunda casa, e vamos ficar esperando uma nova posição do Governo. Pode ser hoje, amanhã ou outro dia, mas vamos continuar esperando uma posição”, concluiu o sargento.

(Gustavo Dutra/DOL)

Nenhum comentário: