Agora é curtir a pagina do blog

segunda-feira, 10 de abril de 2017

CONCURSO PUBLICO: IBGE oferece 1.372 vagas no Pará

IBGE oferece 1.372 vagas no Pará (Foto: Reprodução)Nesta segunda-feira (10), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) lança em todo o país, Processo Seletivo Simplificado (PSS). No Pará, serão ofertadas 1.372 vagas para os níveis superior, médio e fundamental.
O objetivo é coletar dados agropecuários em todos os estabelecimentos do país que vão servir para a elaboração de políticas públicas, trabalhos acadêmicos, análise de programas sociais, pesquisas de mercado e implantação de agroindústrias. O censo é realizado a cada 10 anos.
São dois editais organizados pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). O primeiro será lançado no dia 10, com o intuito de preencher 39 vagas, para os níveis superior e médio, salários que variam de R$ 1.500 mil até R$ 4 mil.
 
No segundo edital previsto para ser lançado no dia 24 de abril, serão ofertadas 1.333 vagas para os níveis médio e fundamental. Neste caso, o ocupar cargo de nível fundamental, o salário será de acordo com a produção do contratado.
De acordo com Victor Reis, técnico do IBGE em Belém, a tabela de valores para esse cargo, está sendo elaborada conforme a tabela orçamentária de 30% disponibilizada pelo Governo Federal. Assim, a carga horária será flexível, diferentemente dos cargos de níveis superior e médio, que terá carga de 8h.
O técnico do IBGE diz que o foco da coleta de dados são estabelecimentos agropecuários, informações como a área, produção, irrigação, agrotóxico e etc.
“No Brasil, são mais de 5 milhões de estabelecimentos. No Pará, são mais de 222 milhões”, aponta Reis. “O diferencial é que o PSS veio para suprir a necessidade de algumas instituições”, explica Victor ao apontar que o contrato com os temporários será de até 6 meses.
As vagas serão ocupadas em todos os 144 municípios do Pará, no entanto, as provas serão aplicadas em alguns polos que estarão disponíveis na divulgação do edital. Quem for aprovado no primeiro certame, a previsão de início do trabalho é para o mês de agosto, já o segundo certame, os aprovados devem começar a trabalhar a partir de setembro.

Nenhum comentário: