Agora é curtir a pagina do blog

terça-feira, 4 de julho de 2017

ROTA POLICIAL: Médico e cantor sãos presos acusado de estupro


Álvaro Magalhães, médico santareno. Foto – Facebook

Os acusados  estão recolhidos na Unidade do Pro Paz 
O médico Álvaro Cardoso Magalhães foi preso em uma operação da Delegacia de Proteção a Criança e Adolescente, que cumpre determinação da Justiça, acusado de estupro de vulnerável e pedofilia. 

Junto com o médico foram presas duas mulheres que davam cobertura ao suposto crime praticado. A operação policial contou com o apoio do NAI (Núcleo de Apoio a Investigação), da Polícia Civil, que tem como titular o delegado Silvio Birro.

O médico desempenha suas atividades na UPA 24 Horas e no Hospital Municipal de Santarém. Fontes informaram que existem várias vítimas, entre elas, uma criança de 4 anos e um bebê de três meses. 

 
A prisão do médico Álvaro Magalhães e das duas mulheres foi decretada pelo Juiz Alexandre Rizi, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Santarém, como base em farta prova material, como fotos, vídeos e mensagens de aplicativos. O médico e as duas mulheres estão recolhidos em celas da Delegacia de Atendimento à Criança e ao Adolescente (Deaca), na Unidade do Pro Paz, localizada na Av. Sérgio Henn, bairro Interventoria.

As prisões aconteceram nas casas dos suspeitos. 
O acusado é o cantor Sandro Moretti . “Este dois casos, sendo o das três pessoas, que envolve uma rede de pedofilia, e o da outra prisão são da mesma operação. Sandro já investigado há alguns anos.
Os presos prestaram depoimento na Delegacia de Atendimento à Criança e ao Adolescente (Deaca), na Unidade do Pro Paz, localizada na Av. Sérgio Henn, bairro Interventoria. Ficaram também de serem ouvidos, testemunhas e vítimas. 
Todos os presos foram encaminhados ao Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPC), órgão do Instituto Médico Legal (IML), para exame de corpo de delito. 
Eles então seguirão para a Central de Triagem da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe).
Várias pessoas mantiveram contato com o Blog, logo após o noticiário, todas elas se dizendo ser paciente do médico, uma delas chegou a dizer que ainda hoje pela madrugada teria feito atendimento com médico.
Sobre o caso
A Prefeitura Municipal de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), do qual o médico presta serviços, informou que até o momento não recebeu nenhum comunicado oficial sobre o assunto, mas lamenta o ocorrido, e afirma que, tão logo a justiça conclua o inquérito a Semsa irá tomar todas as medidas administrativas cabíveis, caso, haja confirmação de tal ato praticado pelo acusado.
Fonte: Blog do Xarope

Nenhum comentário: